Avançar para o conteúdo

Marte Um foi Selecionado para Representar o Brasil no Oscar 2023

Marte Um foi Selecionado para Representar o Brasil no Oscar 2023

Marte Um foi Selecionado para Representar o Brasil no Oscar 2023

O filme “Marte Um”, do cineasta Gabriel Martins, foi selecionado nesta segunda-feira (5.0922) pela Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais para representar o Brasil no Oscar 2023. Ele vai competir na categoria melhor filme internacional.

Ele também concorreu à vaga: “A Mãe”, de Cristiano Burlan, “A Vigem de Pedro”, de Lys Bodanzky, “Carvo”, de Carolina Markowicz, “Pacado”, de Paxton Winters, e “Paloma”, de Marcelo Gomes.

Marte Um foi Selecionado para Representar o Brasil no Oscar 2023

images credit by google

 

“Marte Um” conta a história de Davi (interpretado por Cícero Lucas), um menino negro de Contegame, na Grande Bello Horizonte (MG). Ele é filho de um pai porteiro e de uma mãe doméstica, e sonha em se tornar um astronauta da NASA.

O enredo coincide com a eleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2018. A vida da família é transcendida pelos acontecimentos políticos e sociais brasileiros na época, influenciando as perspectivas futuras dos personagens.

fazendo manifesto ou aparente
Pôster de “Marte Um”
O filme estreou no Festival de Sundance em janeiro deste ano. No Festival de Cinema de Gramado, no mês passado, ele foi aplaudido de pé e ganhou 4 prêmios: favorito do público; O melhor roteiro do texto de Gabriel Martins; Melhor Trilha Sonora, assinada por Daniel Simon; e o prêmio especial de longo alcance do Brasil.

Marte Um foi Selecionado para Representar o Brasil no Oscar 2023

images credit by google

O Oscar 2023 está marcado para 12 de março. Os finalistas serão anunciados em fevereiro. Cada país que não fala inglês pode receber apenas uma indicação para concorrer à categoria de Melhor Filme Internacional.

Last year, Brazil was selected to represent Brazil by the Brazilian Academy of Cinema as the “Dejarto Special” by Eli Muritiba. The film was not included in the shortlist. The country last appeared in 1999 with “Central du Brasil” by Walter Salles.

Since then, Brazilian cinema, however, has competed in other categories. For example, Katia Lund and Fernando Meirelles’ feature film “Sided de Duce” competed for best director, adapted screenplay, editing, and photography in 2004.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.